Plantamed
Última Revisão: 05/01/2014 07:57:27
PÁGINA INICIAL * Plantas por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS.
Fotos por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS * GÊNEROS * GLOSSÁRIO * DIVERSOS * PRODUTOS FITOTERÁPICOS


Principais e-mail´s recebidos em nov_dez/2003

28/12/2003 - Carlos Fernando Longhi de Azevedo - carlosfe.voy@xxxx.com.br
Prezado Sr. Fonseca,
tenho uma dúvida e pediria a gentileza de solucioná-la.
A planta Dorstenia brasiliensis, é a CARAPIÁ e ou Figueirilha, raiz utilizada na confecção de cigarros de palha e no tabaco para cachimbo? agradeço sua atenção.
Resposta:
Prezado Carlos Fernando, não sei te informar se a raiz da Dorstenia brasiliensis Lam. é utilizada para cigarros de palha e/ou cachimbo. Penso que não, pois seu uso contínuo poderá provocar intoxicações. Há várias outras espécies do mesmo gênero que são conhecidas pelo nome popular de carapiá, pode ser uma delas.
Eis a ficha da planta:
"Dorstenia brasiliensis Lam.
Sinônimos botânicos: Dorstenia amazonica Carauta, C. Valente & Barth, Dorstenia brasiliensis fo. balansae Chodat, Dorstenia brasiliensis var. guaranitica Chodat & Vischer, Dorstenia brasiliensis var. major Chodat & Hassl., Dorstenia brasiliensis var. palustris Hassl., Dorstenia brasiliensis var. tomentosa (Fisch. & C.A. Mey.) Hassl., Dorstenia brasiliensis var. tubicina (Ruiz & Pav.) Chodat & Vischer, Dorstenia brasiliensis var. typica Hassl.(nome inválido), Dorstenia heringeri Carauta & C. Valente, Dorstenia infundibuliformis Lodd., Dorstenia montana Herzog, Dorstenia montevidensis Miq., Dorstenia pernambucana Arruda, Dorstenia sabanensis Cuatrec., Dorstenia schulzii Carauta, C. Valente & Dunn de Araujo, Dorstenia tomentosa Fisch. & C.A. Mey., Dorstenia tubicina fo. major (Chodat & Hassl.) Hassl., Dorstenia tubicina fo. subexcentrica Hassl., Dorstenia tubicina Ruiz & Pav.
Nomes populares: carapiá, caiapiá, carapá, figueirilha, caapiá, contra-erva, contraerva; torus herb (inglês).
Moraceae
O carapiá é uma daquelas plantas que figuram entre as de múltiplas virtudes terapêuticas, pois possui propriedades anti-sépticas, estimulantes, diaforéticas, tônicas, reconstituintes, eméticas, diuréticas, diuréticas e emenagogas. Emprega-se no combate às febres intermitentes e tifóides, nas irregularidades menstruais, nas afecções gangrenosas, nas atonias do aparelho digestivo, nas diarréias crônicas e disenterias, nas orquites, nas leucorréias, no reumatismo, nas enfermidades da pele, nas cloroses e na solidificação de ossos fraturados, em mistura com a taiuiá. Sua eficácia medicamentosa foi também comprovada pelo uso em homeopatia. Apesar de todas as suas qualidades, quando administrada em doses maiores que a normal, pode provocar sintomas de intoxicação, como vômitos, ardor no estômago e diarréia. Em doses ainda maiores, quando não tem condições de ser eliminada pelo organismo, pode causar até mesmo a morte. Folhas, por infusão: Prisão de ventre, anemia, febres tifóides, desarranjos do útero, falta de regras, cistites. Raízes, por decocção: Solidifica fraturas dos ossos. Tônico, estimulante diurético, anemias e menstruações dolorosas, cólicas uterinas e ovárias.
Uso: toda a planta especialmente as raízes é referida como anticonceptiva, antidisentérica, antipirética, antileucorréica, antiofídica, anti-reumática, sudorífera, diurética, emenagoga, emética, estimulante digestivo, fluidificadora do aparelho respiratório, purgativa e tônica.
Folhas, por infusão: Prisão de ventre, anemia e menstruações dolorosas, cólicas uterinas e ovárias, desarranjos do útero, falta de regras, febres tifóides, cistites, tônico, estimulante, diurético. Raízes, por decocção: Solidifica fraturas dos ossos"

xxxxxxxxX

04/12/2003 - Aarão Miraz de Freitas - Assis - SP - aarao_freitas@xxx.com.br

Zulmiro,
Agradeço pelo site que construiu, a respeito das ervas medicinais. Fiquei apaixonado pelas informações que voce colocou. Estou enviando umas fotos de ervas que tenho em meu quintal, e espero que te ajudem neste maravilhoso trabalho.
Um Abraço.

xxxxxxxxX

27/11/2003 - Marília - SP - "marketing/Ivan" marketing@.....br

Estive este ano na cidade de Goiatuba-GO, para conhecer uma equipe que faz este trabalho de fitoterapia.
Fiquei encantado com o lugar, com a organização e com a higiene dos laboratórios. Tudo é feito com muita assepsia, esterilizado e o Sr. Dirceu Abdala (responsável pela casa) conhece muito sobre plantas medicinais também.
Os laboratórios onde as plantas são manipuladas tem azulejo até no teto, o chão é limpo com álcool, as panelas de cocção são de inox e mais de 30.000 vidros de remédios (os chamados princípios ativos) estão em processo de curtimento, prontos para serem manipulados e enviados para pessoas do Brasil e do mundo.
Eles enviam remédios gratuitamente para o Brasil todo, nada é cobrado.
Ele tem dois quarteirões com canteiros de plantas medicinais, tudo catalogado, com gente especializada para cuidar das espécies.
Envio algumas fotos para conhecer.

xxxxxxxxX

27/11/2003 - Marília - SP - "marketing/Ivan" marketing@.....br

Bom dia Zulmiro,
estou lhe enviando as fotos com a identificação conforme solicitado, e fica autorizada a sua publicação sim, sem problemas.
Tenho outras fotos e estarei te enviando para o acervo.
Vou observar se a planta solta os pêndulos, se acontecer, fotografo de novo e envio.
Estaremos mantendo contato.

xxxxxxxxX

26/11/2003 - Marília - SP - "marketing/Ivan" marketing@.....br

Agradeço sua resposta.
Fiz estas duas fotos para você ter em seu arquivo.
O pessoal daqui usa como lenitivo para dores musculares, deixando a flor de molho no álcool.
Um abraço.

xxxxxxxxX

24/11/2003 - jeremias - nutrivida@redel.com.br

Boa tarde professor estamos preparando o material para fazermos parte como colaborador deste belo trabalho aproveitando gostaria de uma informação do Sr. eu tenho uma área de 4600m² e e quero cerca-la com cerca viva qual espécie é a mais indicada e de preferência que suas folhas ramos etc. sejam medicinal
grato

Resposta:

"Jeremias, é difícil opinar sobre espécie de cerca viva, pois eu não conheço a sua região, tipo de solo, clima, etc. Estou enviando-lhe em anexo, artigos sobre o assunto e com diversas opções. O ideal é você ver aí na sua região, quais as espécies utilizadas e que estão sempre bonitas e viçosas. Há de se considerar também a sua principal finalidade: impedir a entrada de pessoas, animais, embelezar, etc. Disposição para manter (adubação, poda ), ...

Em se tratando de cerca para impedir inclusive a entrada de animais (o ano todo) as espécies que têm apresentado melhores resultados, pois são rústicas, desenvolvem-se rapidamente e adaptam-se em quase todo tipo de terreno são o sanção-do-campo (sabiá), coroa-de-cristo (eufórbia) e o hibisco. Todos devem ser plantados em valas ou covas (se o terreno é inclinado), com adubação inicial só com superfosfato. O sanção a uma distância de 20 cm, por muda e os outros dois por estaquia a uma distância de 10 cm.

Uma alternativa é analisar o perímetro do terreno, em função da qualidade do solo, inclinação, possibilidade de invasão, aparência a proporcionar, etc. e em alguns trechos usar várias espécies (medicinais) diferentes como: eucalipto, ipê, mulungu, cipreste, espinheira santa, nim, e entre elas usar plantas florais e as medicinais: hibisco (H. sabidarifa), capim limão, capim citronela (espanta moscas e pernilongos; tem cheiro de eucalipto), gravatá, babosa, alecrim, erva-cidreira de arbusto, etc. Mas lembre-se estas espécies precisam mais tratos culturais.

Obrigado pela doação ao site, realizada no Bradesco em 25/11/2003. Deus lhe pague!

xxxxxxxxX

04/12/2003 - dpsac@xxxx.com.br

e-mail´s recebido/enviado, não transcritos aqui, por tratar de problemas particulares.

Mais uma vez agradeço seu empenho em me ajudar, estamos passando por um momento muito difícil, e são pessoas como você que fazem esse momento ficar menos penoso. Estarei seguindo sua orientação. Já tentei me comunicar com o médico que você indicou, porém, ainda não consegui, continuarei tentando.

xxxxxxxxX

2/12/2003 - dpsac@xxxxx.com.br

Muito obrigado pelo apoio fico muito agradecido um forte abraço!

Os e-mail´s recebido/enviado, não não foram transcritos aqui, por tratar de problemas particulares.

xxxxxxxxX

21/11/2003 -rg.brasil@XXX.com.br

Zulmiro, novamente muito obrigado.
Estas informações mais detalhadas sobre esta planta veio em boa hora e não com atraso. O Senhor Deus continue abençoando sua vida. Um abraço. Romilton.

xxxxxxxxX

19/11/2003 -marketing@xxxxxx.br

Procurei informação de uma planta conhecida como Lírio Santo. É uma folhagem grande que solta cachos de flores que parecem gominhos, cor rósea.
Conhece ?
Antes de tudo: parabéns pelo site, muito bem feito.

Resposta:

Infelizmente desconheço. Provavelmente é uma variedade (ou pertence ao mesmo gênero) do Lírio-dos-vales (Convallaria majalis) que tem suas flores pendunculadas, brancas, pequenas, campanuladas, perfumadas e atingem o máximo da floração em maio. É cardiotônica mas é tóxica, portanto não fazer medicação caseira com suas folhas ou flores, sem receita médica."

Anexado foto.

xxxxxxxxX

15/11/2003 -JEREMIAS -
NUTRIVIDA@XXXX.COM.BR

GOSTARIA DE SABER DE QUE FORMA PODERIA CONTRIBUIR PARA A MANUTENÇÃO DESTE SITE POIS ME É DE GRANDE AJUDA TRABALHO COM COMPRA E VENDA DE ERVAS MEDICINAIS
FONE/FAX 47 3634XXX

Resposta:

Jeremias, fico muito contente em saber que o site www.plantamed.hpg.com.br está lhe sendo útil e provavelmente a muitas outras pessoas, só que a grande maioria não diz nada.
Só a sua intenção já é para mim um grande incentivo.
Uma grande ajuda que você talvez possa me proporcionar é divulgar o site, inclusive com os produtores que são seus fornecedores. Quem sabe não é para eles uma oportunidade de divulgar que espécies produzem (no site) e com isso poderem expandir a produção? Ou será que são somente extrativistas?
Também junto aos consumidores seria interessante a divulgação, assim o freguês já vai ao seu comércio sabendo exatamente o que quer, bastando tirar algumas dúvidas com você.
Foi muito bom seu interesse, pois isso alertou-me para um ponto crucial no comércio de ervas, que é a secagem e conservação, que pode variar de espécie para espécie, mas há regras gerais, que na quase totalidades das bancas de comércio não são respeitadas. Espero escrever alguns artigos em breve sobre isso, que será inserido em "Assuntos diversos".
Se for de seu interesse oferecer uma contribuição financeira para a manutenção do site, ela poderá ser feita no BRADESCO conta poupança 1002299-1 AG 2153, em nome de Zulmiro Alves da Fonseca. Só que eu gostaria de em retribuição colocar no site uma propaganda do seu negócio, que você poderia minutar o texto e me enviar. Talvez algo assim:
" No BALNEÁRIO CAMBORIU SC, você encontra grande variedade de ERVAS E PLANTAS MEDICINAIS de qualidade e preços acessíveis com o JEREMIAS na NUTRIVIDA, Rua .......... Telefone.
Atendimento à região com remessas via postal, ou ônibus (mediante depósito bancário ou vale postal)."
Pense no assunto.

xxxxxxxxX

07/11/2003 -c_angela@xxx.com.br

Olá. Estou cursando Farmácia e preciso realizar uma pesquisa para fazer um trabalho (na verdade um pôster) sobre "Plantas Medicinais utilizadas pela raça negra". No entanto não estou encontrando muito material, nem em livros e nem na internet.
Gostaria de receber uma ajuda sua no sentido de onde procurar, "sites", livros ou até pesquisadores que saibam ou tenham escrito alguma coisa sobre esse assunto. Desde já agradeço e espero ansiosa por uma resposta. Obrigada. Ângela.

Resposta:
Ângela, a única sugestão que eu posso te dar é para você fazer uma pesquisa de campo. Ou seja, você vá de porta em porta, de preferência em um bairro de periferia, onde a planta medicinal é mais utilizada em função da classe econômica. Você prepara dois questionários, um mais completo (para a raça negra) e mais simples (para outras raças, para economizar tempo).

Você usa um questionário para cada planta utilizada por pessoa da raça negra (formulário completo. Neste formulário deverá ter pelo menos os seguintes campos:

- nome(s) popular(es) da espécie (as pessoas não sabem o nome científico);

- como a planta é preparada (você faz uma relação para colocar apenas um “X” constando: infusão, decocção, maceração, vinho, tintura, cataplasma, etc. e um campo para ser preenchido com proporção e outros detalhes);

- indicações (com a relação de males ou doenças, só para colocar um “X”, e o campo “Outros:” para ser preenchido);

- Pessoa que respondeu o formulário e endereço (dê preferência a pessoas de idade. Normalmente as mulheres estão mais apegadas às tradições).

Se você dispuser de uma câmara fotográfica (de preferência digital), tire fotografia para posterior pesquisa do nome científico e componentes químicos, propriedades medicinais, indicações, modo de usar, contra indicações, etc. Normalmente estas pessoas possuem quintal e muitas das plantas utilizadas estão lá. Peça para ver e fotografar ou pelo menos anotar as principais características.

Feito isso, escreva seu trabalho e anexe as folhas de pesquisa, que tenho certeza será muito valorizado. Quem sabe você poderá depois aprofundá-lo e editar um livro, sobre o assunto?

Espero que esta resposta não tenha chegado tardiamente, mas infelizmente tive que fazer duas viagens este mês e as correspondências acumularam-se.

Em tempo: a arruda (amansa-senhor) é uma planta que foi muito utilizada pela raça negra no Brasil, para tornar os senhores ruins, para acalmá-los (e até torná-los debilóides).

xxxxxxxxX

07/11/2003 -Anderson C. Porto - web developer - webmaster@xxx.com.br

Sou gerente de conteúdo e desenvolvedor do website Tudo Sobre Plantas, onde desenvolvo trabalho de cadastramento de espécies do Brasil e exterior, onde já cadastrei mais de 11 mil plantas. Estive visitando o seu site.
Gostaria de ajudá-lo, fornecendo um programa de cadastro de espécies, para que você possa tornar a tarefa de pesquisa mais abrangente e profissional.
Tenho um grupo de estudos sobre plantas medicinais e, se concordar, gostaria de tê-lo como participante e parceiro em nosso grupo. Um grupo formado por técnicos em química, biólogos, botânicos, estudantes de medicina e demais interessados.
O banco de dados de plantas possui, como uma de suas tabelas, um cadastro de produtos fitoterápicos que possuem em sua formulação ingredientes da espécie, descrita em sua ficha. Nosso glossário de termos está sendo construído com informações sobre doenças, para que nossos visitantes possam consultar as informações e descobrir as espécies que tratam daquela doença. Existe um banco de imagens sendo construído, para apresentar fotos de partes de cada planta. Em nosso cooperativa virtual proporcionamos acesso aos projetos do TSP.
Enfim, tenho tudo que você precisa para tornar a idéia de garantir a manutenção de seu website, ou de uma futura parceria, com produtos fitoterápicos comerciais. Esta é uma das formas que encontrei para manter o Tudo Sobre Plantas, como também anunciantes de produtos para jardinagem, sementes, adubos...
O que gostaria é de torná-lo nosso parceiro, abrindo uma seção exclusiva em nosso website, sua página dentro do Tudo Sobre Plantas, sobre Plantas Medicinais. Se estiver interessado, gostaria que me enviasse seu currículo, para análise.
Aguardo contato.
Tudo de bom,
Grupo SOS Verde – fundador

Resposta:

Respondido em 09/11/2003. Não foi possível aceitar convite.

xxxxxxxxX

06/11/2003 - Fabio.Gomes@xxxx.com

Zulmiro,
encontrei a alga que procurava, na verdade e um fungo que pode se proliferar no cha o nome dela e kombucha tem varios sites a respeito como kombu.de e so escolher português, ele e um fungo que age como agente probiótico e bem interessante um abraço.

Resposta:
Obrigado pela informação.


By Zulmiro Fonseca Google +