Plantamed
Última Revisão: 05/01/2014 09:24:50
PÁGINA INICIAL * Plantas por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS.
Fotos por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS * GÊNEROS * GLOSSÁRIO * DIVERSOS * PRODUTOS FITOTERÁPICOS

Lecitina de Soja Phytomare


Composição: Lecitina de Soja - 60 Cápsulas de 500 mg.
Categoria: Alimento.
Registro no MS: 6.2358.0083.
Sugestão de uso: 2 cápsulas, 3 vezes ao dia, durante as principais refeições.

Lecitina de Soja Phytomare - Um Suplemento Alimentar.



A LECITINA DE SOJA é formada por um complexo de fosfolipídios que contém ácido graxo (gordura), triglicérides, fósforo, inositol e colina, que são utilizados pelo organismo para construir parte dos tecidos nervosos e cerebrais. No sistema nervoso a lecitina é usada para produzir cargas elétricas e, na ausência desta o organismo leva a exaustão nervosa, sendo recomendada como tônico.
A Lecitina de Soja impede que as gorduras se depositem nas paredes das artérias, mantendo-as em suspensão, prevenindo a formação de placas de ateromas. Previne as principais doenças do coração, pois é uma gordura que dissolve outras gorduras no organismo. Também auxilia no controle do colesterol e triglicérides ajudando a conservar a integridade da pele e queimar calorias. É um tônico nervoso e fortalece a memória, reduz a possibilidade de desenvolver cálculos biliares e arteriosclerose, diminui o colesterol LDL e triglicérides e aumenta o HDL, colesterol benéfico.


Segundo o www.plantamed.com.br:

Controle de Colesterol e triglicerídeos, Sistema Nervoso e Funções Celebrais; auxiliar no emagrecimento, memória, proteção do fígado; evitar o envelhecimento precoce e proteção da pele e cabelos.

Possui a propriedade de aumentar o metabolismo e o transporte das gorduras, e desta forma, reduzir os níveis de colesterol sanguíneo.
Auxilia na redução do colesterol, desde que associada a uma dieta pobre em gorduras.

Saiba mais sobre Lecitina de soja:
Compostos orgânicos encontrados em alguns alimentos, sendo a soja uma das mais ricas fontes naturais.
Constituem-se de ácidos graxos, triglicérides, fósforo, inositol e colina.
A lecitina é utilizada pelo organismo para construir grande parte dos tecidos nervosos e cerebrais. Ela compõe cerca de 1/5 de nossos nervos e 1/3 de nosso cérebro. A falta desta substância no organismo leva à exaustão nervosa.
A lecitina de soja é emulsificante e conserva as gorduras em suspensão, permitindo que estas passem pelas paredes das artérias, prevenindo a formação de depósitos que restringem a circulação do sangue.

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES E EM CASO DE QUALQUER DÚVIDA CONSULTE O SEU MÉDICO OU FARMACÊUTICO. PERSISTINDO OS SINTOMAS, CONSULTE O SEU MÉDICO.

Saiba mais sobre a soja:
Nome científico da soja: Glycine max (L.) Merr.

Família da soja Glycine max: Fabaceae.

Sinônimos botânicos da soja Glycine max: Dolichos soja L., Glycine gracilis Skvortsov, Glycine hispida (Moench) Maxim., Glycine soja Siebold & Zucc., Phaseolus max L., Soja hispida Moench, Soja max (L.) Piper.

Outros nomes populares da soja Glycine max: fava-da-manchúria, feijão-chinês, feijão-da-china, feijão-soja; soja e soyabean (ingles), sojabohne (espanhol), poroto e soja (francês), soia e soybean (italiano).

Constituintes químicos da soja Glycine max: ácido araquidônico, ácido aspártico, ácido esteárico, ácido glutâmico, ácido hidrociânico, ácido linoléico, ácido linolênico, ácido oléico, ácido oxálico, ácido palmítico, ácido pantotênico, ácidos graxos insaturados, afromosina, aglobulina, alanina, alantoína, arginina, astragalina, betaína, bornesitol, catequina, cistina, colina, daidzeina, enzimas, ergosterol, estigmasterol, fenilalanina, fibras, genisteina (fitoestrogênio), glicina, glicinina, guanidina, histidina, isoleucina, isovaleraldeído, kaempferol, lecitina, leucina, luteína, maltose, metionina, prolina, proteínas, pró-vitamina D, quercetina, rutina, sais minerais (ferro, cálcio), saponina, soisaponinas, sojagol, tirosina, treonina, trigonelina, triptofano, valina; vitaminas B1, B2, B12, C, E; xilose.

Propriedades medicinais da soja Glycine max: adstringente, antigripal, antiofídica, anti-reumática, calmante, dissolvente, emoliente, estomáquica, fungicida, mulsificante, hipocolesterolêmica, (reduz o colesterol ruim, o LDL, sem alterar o bom, o HDL), laxante, nutritiva, remineralizante, sudorífera, tônica, vasodepressora.

Indicações da soja Glycine max: afecção (bexiga, coração, intestinos, vesícula biliar), arteriosclerose; câncer de mama e colo de útero; cegueira, córnea, debilidade, disúria, doença de pele, dor de cabeça, dor reumática, edema, estômago, febre, fungo, gripe, hipercolesteremia (reduz o colesterol ruim, o LDL, sem alterar a taxa de bom colesterol, o HDL), insônia, osteoporose, reumatismo, melhorar os sintomas da menopausa.

Parte utilizada da soja Glycine max: brotos, caule, flores, folhas, raízes, sementes.

Contra-indicações/cuidados com a soja Glycine max: não usar na gravidez e consulte o médico se estiver fazendo reposição hormonal, para avaliar possíveis interações. Não deve ser consumida por pessoas alérgicas à soja.

Nota: as sementes maduras cruas da soja Glycine max, são tóxicas, por isso devem ser consumidas sempre cozidas.

Efeitos colaterais da soja Glycine max: a alergia à soja é mais comum em crianças e jovens, podendo levar a cólicas e presença de sangue nas fezes.

Lecitina de Soja Phytomare - Um Suplemento Alimentar.


Lecitina de Soja Phytomare - Um Suplemento Alimentar.

Google +