Plantamed
Última Revisão: 05/01/2014 13:28:22
PÁGINA INICIAL * Plantas por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS.
Fotos por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS * GÊNEROS * GLOSSÁRIO * DIVERSOS * PRODUTOS FITOTERÁPICOS

Dorstenia brasiliensis Lam. - CARAPIÁ

Nome científico: Dorstenia brasiliensis Lam.

Família: Moraceae.

Sinônimo botânico: Dorstenia amazonica Carauta, C. Valente, Dorstenia contrajerva L., Dorstenia heringeri Carauta & C. Valente, Dorstenia infundibuliformis Lodd., Dorstenia montana Herzog, Dorstenia montevidensis Miq., Dorstenia pernambucana Arruda, Dorstenia sabanensis Cuatrec., Dorstenia schulzii Carauta, C. Valente & Dunn de Araujo, Dorstenia tomentosa Fisch. & C.A. Mey., Dorstenia tubicina fo. major (Chodat & Hassl.) Hassl., Dorstenia tubicina fo. subexcentrica Hassl., Dorstenia tubicina Ruiz & Pav.

Outros nomes populares: caiapiá, carapá, figueirilha, caapiá, contra-erva, contraerva, chupa-chupa, conta-de-cobra, contrayerva, carapia, carapá, chupa-chupa, conta-de-cobra, contra-erva, bezoar, bezoard, contraerva, contrayerba de las Antillas, figueirinha, liga-liga, liga-osso, tarope, tiu, contrayerva, torus herb (inglês).

Constituintes químicos: ácidos de dorstênicos, ácido estrofânico, ácidos graxos, albumina, alcalóides, benzofurano, bergapteno, cajupine, celulose, contrayerbine, cumarinas, dorstenina, estireno, esteróides, flavonóides (flavanone, flavone, flavan, flavonol, chalcone), furocumarinas, gomas, óleos essenciais, psoraleno, sacarídeos, saponinas, secropine, taninos, terpenos.

Propriedades medicinais: anticonceptiva, antidisentérica, antileucorréica, antimalárica, antiofídica, antipirética, anti-reumática, anti-séptica, diaforética, diurética, emética, emenagoga, estimulante digestivo, fluidificadora do aparelho respiratório, purgativa, reconstituinte, sudorífera, tônica.

Indicações: afecções gangrenosas, anemia, atonias do aparelho digestivo, cistite, cólica uterina e ovariana, cloroses, diarréias crônicas, disenterias, enfermidades da pele, febres intermitentes e tifóides, irregularidades menstruais, leucorréias, menstruação dolorosa, orquites, reumatismo, solidificação de ossos fraturados.

Parte utilizada: raízes, toda a planta.

Contra-indicações/cuidados: em doses maiores que a normal, pode provocar sintomas de intoxicação, como vômitos, ardor no estômago, diarréia e até a morte. Pode potencializar os efeitos de medicamentos anticoagulantes.

Modo de usar: decocção das raízes e/ou folhas: 20 g de raiz em um litro de água. Tomar uma xícara 3 vezes ao dia;- cataplasma para picadas de animais peçoentos: amassar bem as raízes frescas ou pó das raízes secas e colocar sobre a picada.

Algumas espécies do gênero: Dorstenia.

Se você tem dúvidas quanto ao significado de alguma das palavras usadas nesta página consulte no Glossário.


By Zulmiro Fonseca Google +