ERVA-DE-COLÉGIO, Elephantopus mollis.
Plantamed

Busca no Plantamed, com o Google. Elephantopus mollis H.B.K. - ERVA-DE-COLÉGIO

Nome científico: Elephantopus mollis Kunth.

Família: Asteraceae.

Sinônimos botânicos: Elephantopus carolinianus var. mollis (Kunth) Beurlin, Elephantopus cernuus Vell., Elephantopus hypomalacus S.F. Blake, Elephantopus martii Graham, Elephantopus pilosus Philipson, Elephantopus scaber L., Elephantopus scaber var. tomentosus (L.) Sch. Bip. ex Baker, Elephantopus sericeus Graham, Elephantopus serratus Blanco.

Outros nomes populares: erva-de-veado, erva-do-diabo, erva-grossa, fumo-bravo, fumo-da-mata, língua-de-vaca, pé-de-elefante, saçóia, sossoia, suaçuaia, suaçúcaá, suaçu-caá, suçaiá, suçauaiá, suçuaia.

Constituintes químicos:

Propriedades medicinais: adstringente, anticatarral, antilítica, anti-reumática, anti-sifilítica, béquica, diurética, emoliente, febrífuga, tônica, vulnerária, resolutiva, sudorífica.

Indicações: bronquite, catarro pulmonar, gripe forte e intermitente, úlcera, ferida, elefantíase, cálculos urinários, febre astênica, calor da menopausa.

Parte utilizada: folhas, raízes.

Contra-indicações/cuidados:

Efeitos colaterais:

Modo de usar:folhas em infusão e decocção: afecções respiratórias e reumatismo.- raízes externamente: febres astênicas, adstringente, tônico.- folhas frescas em cataplasmas: cicatrizante.- folhas suco fresco: cálculos urinários.

Algumas espécies do gênero: Elephantopus.

Se você tem dúvidas quanto ao significado de alguma das palavras usadas nesta página consulte no Glossário.