Plantamed
Última Revisão: 05/01/2014 17:18:20
PÁGINA INICIAL * Plantas por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS.
Fotos por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS * GÊNEROS * GLOSSÁRIO * DIVERSOS * PRODUTOS FITOTERÁPICOS

Manihot esculenta Crantz. - MANDIOCA

Nome científico: Manihot esculenta Crantz.

Família: Euphorbiaceae.

Sinônimos botânicos: Janipha manihot Kunth, Janipha manihot L., Jatropha diffusa (Pohl) Steud., Jatropha digitiformis (Pohl) Steud., Jatropha dulcis J.F. Gmel., Jatropha flabellifolia (Pohl.) Steud., Jatropha janipha Lour., Jatropha loureirii (Pohl) Steud., Jatropha manihot L., Jatropha mitis Rottb., Jatropha paniculata Ruiz & Pav. ex Pax, Jatropha stipulata Vell., Mandioca dulcis Parodi, Mandioca utilissima Link, Manihot aipi Pohl, Manihot diffusa Pohl, Manihot digitiformis Pohl, Manihot dulcis (J.F. Gmel.) Pax, Manihot edule A. Rich., Manihot flabellifolia Pohl., Manihot flexuosa Pax & K. Hoffm., Manihot loureirii Pohl, Manihot manihot (L.) Cockerell, Manihot melanobasis Müll. Arg., Manihot palmata var. aipi (Pohl) Müll. Arg., Manihot palmata var. diffusa (Pohl) Müll. Arg., Manihot palmata var. digitiformis (Pohl) Müll. Arg., Manihot palmata var. flabellifolia (Pohl.) Müll. Arg., Manihot sprucei Pax, Manihot utilissima Pohl.

Outros nomes populares: aipi, aipim, castelinha, macaxeira, maniva, maniveira, pão-de-pobre, uaipi. Mandioca e yuca (espanhol), manioc (francês), cassava (inglês), manioca (italiano).

Constituintes químicos: acetona, ácido hidrociânico, ácido oxálico, amido, glucosídeos, linamarina, óleo essencial, proteínas, saponinas, sais minerais, triptofano, vitaminas do complexo B (tiamina, riboflavina, niacina), C.

Propriedades medicinais: anti-séptica, aperiente, cicatrizante, demulcente, diurética.

Indicações: abrir o apetite, feridas, chagas, tumor, abscesso, conjutivite, diarréia, disenteria, hérnia, inflamações em geral, cansaço, picada de cobra.

Parte utilizada: raízes, folhas.

Contra-indicações/cuidados: a mandioca brava tem que passar por um tratamento especial (choque térmico ou mecânico) para a retirada do veneno.
Algumas substâncias da mandioca brava causam intoxicação, dependendo da concentração presente na planta. A linamarina, pode levar à morte.

Modo de usar:
- folhas secas, tostadas e moídas: complemento alimentar, fonte de vitamina A, ferro, calcio.
- folhas: maniçoba (24 a 48 h para preparar. As folhas são cozidas com carnes, toucinho e temperos).
- farinha da raiz: diarréia.
- chá da raiz: favorece o sono, calmante.
- raiz na alimentação: cozida, frita, paçoca, farinha, purê, bolinhos, pudins, sopas, suflês, pães, bolos, biscoitos, bolinhos de goma, mingau.
- raiz da mandioca brava: fécula, farinha, tapioca, puba (ou carimã), polvilho (ou goma).
- suco da mandioca brava (decantado): abrir o apetite.
- cataplasma das raízes frescas: feridas e chagas.
- chá das raízes por decocção: tumor, abscesso, conjutivite, diarréia, disenteria, hérnia, inflamações em geral, cansaço, picada de cobra.

Algumas espécies do gênero: Manihot.

Foto é encontrada em:
Manihot-esculenta.html
Manihot-esculenta2.html


By Zulmiro Fonseca Google +