Plantamed
Última Revisão: 28/08/2014 16:49:50
PÁGINA INICIAL * Plantas por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS.
Fotos por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS * GÊNEROS * GLOSSÁRIO * DIVERSOS * PRODUTOS FITOTERÁPICOS

Trigonella foenum-graecum L. - FENO-GREGO

Nome científico: Trigonella foenum-graecum L.

Família: Fabaceae.

Sinônimos botânicos: Trigonella tibetana (Alef.) Vassilcz.

Outros nomes populares: alforvas, ervinha, fenacho, Fenugreek (inglês), alholva (espanhol), alholva e heno griego (casteliano), fenugrek (francês), fieno greco comune (italiano), hu lu ba, hu-lu-pa e k’u-tou (chinês), mêthi (hindu).

Constituintes químicos: ácido malônico, albuminas, carpaína, glicídeosluteonina, oligossacarídeos, proteínas, quercetina, trigogenina. Carbohidratos, (principalmente mucílagens galactomananas), prótidos, compostos fosforados (lecitina, fitina), colina, trigonelina, saponosídeos esteroídicos (diosgenina/yamogenina, fenogrequina), fitosteróis (colesterol, sitosterol), flavonóides (vitexina, saponaretina, trigonelina, homoorientina), ácidos graxos insaturados (oléico, linoléico, palmítico), traços de cumarinas, ferro, manganês, vitamina A, niacina, tiamina, riboflavina, traços de óleo essencial rico em anetol.

Propriedades medicinais: aperitivo, antianêmico, antiinflamatória, anti-séptico, antitumoral, antitussígena, demulcente, digestiva, emoliente, estimulante, fortificante, galactógeno, hepatoprotector, hipoglicêmica suave, laxante, revigorante geral, tônica.

Indicações: anemia ferropênica, anorexia, astenia, celulite, crianças com dificuldades no desenvolvimento físico e psíquico, constituição física fragil, diabete, dispepsia hiposecretora, furunculos, gastrite, inflamações, intestino preso, perda de peso.
Em uso tópico: acne, faringite, blefaroconjuntivite, vulvovaginite, eczema, abscesso, furúnculo.

Parte utilizada: sementes.

Contra-indicações/cuidados: gravidez, lactação. Controlar a glicemia de pacientes diabéticos insulinodependentes (pois reduz a absorção de glucídeos).
Na medicina tradicional chinesa: rins, dor abdominal ou testicular (que agrava com o frío), dor de hérnia, lombares e edemas nas pernas.

Modo de usar:
- infusão ou decocção de 0,5 g a 5 g de pó das sementes para 1/4 de litro de água, a tomar duas ou três vezes durante o dia. (O odor e gosto desagradáveis podem ser diminuídos pela adição de essência de hortelã ou de laranja).
- sementes moídas (diluídas em leite) em cataplasmas quentes: equimoses, inchaços e úlceras.
- decocção para uso interno: ferver 10 a 15 minutos uma colher de sopa de sementes em 400 ml de água, beber de manhã em gejum. Tomar de forma descontínua (semana alternadas).
- decocção para uso externo: aplicar em forma de compresas, colutórios, gargarejos, lavagens ou irrigações varginais.

Algumas espécies do gênero: Trigonella.


By Zulmiro Fonseca Google +