Plantamed
Última Revisão: 05/01/2014 16:53:56
PÁGINA INICIAL * Plantas por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS.
Fotos por Nomes: POPULARES / CIENTÍFICOS * GÊNEROS * GLOSSÁRIO * DIVERSOS * PRODUTOS FITOTERÁPICOS

Triticum vulgare Vill. - TRIGO

Nome científico: Triticum vulgare Vill.

Família: Poaceae.

Sinônimos botânicos: Triticum aestivum L., Triticum aestivum subsp. vulgare (Vill.) Thell., Triticum aestivum var. hybernum (L.) Farw., Triticum aestivum var. hybernum (L.) Fiori, Triticum compositum L., Triticum dicoccon var. timopheevii Zhuk., Triticum estivum Raf., Triticum hybernum L., Triticum orientale Percival, Triticum persicum Vavilov ex Zhukov, Triticum pyramidale Percival, Triticum sativum Lam., Triticum sativum var. aestivum (L.) Alph. Wood, Triticum sativum var. compositum (L.) Alph. Wood, Triticum sativum var. vulgare (Vill.) Hack., Triticum sativum var. vulgare (Vill.) Vilm., Triticum sativum var. vulgare Desv., Triticum timopheevii (Zhuk.) Zhuk., Triticum vulgare var. aestivum (L.) Spenn., Zeia vulgaris var. aestiva (L.) Lunell.

Outros nomes populares: common wheat, bread wheat, wheat (inglês); trigo (espanhol), blé (francês), frumento tenero (italiano), saat-weizen (alemão).

Constituintes químicos: amido, ácido ascórbico, ácido caprínico, ácido clorogênico, ácido ferúlico, ácido fólico, ácido fórmico, ácido glutâmico, ácido malênico, ácido oxálico, alantoína, albumina, apigenina, a-tocoferol, a-triticeno, benzaldeído, betaína, biotina, campesterol, celulose, cobre, ergosterol, ferro, fibra (26,7%), fósforo, hidratos de carbono, lisina, magnésio, niacina (vitamina PP), pectina, proteína (glúten 12%), quercetina, vitaminas B e E, sitosterol, zinco.

Composição química e valor nutricional por 100 gramas de trigo
Fonte: Ministério de Saúde do Peru.

Farina Grão Grão sem casca Sêmola Trigo
Energia Kcal
Água g
Proteína g
Óleo g
Carboidratos g
Fibra g
Cinza g
Cálcio mg
Fósforo mg
Ferro mg
Retinol mg
Tiamina mg
Riboflavina mg
Niacina mg
Ácido Ascórbico Reduzido mg
359,00
10,80
10,50
2,00
74,80
1,50
0,40
36,00
108,00
0,60
0,00
0,11
0,06
0,93
1,80
167,00
39,00
2,50
0,60
37,00
1,10
0,90
38,00
118,00
2,50
0,00
0,01
0,07
1,57
0,40
358,00
12,60
8,40
1,40
76,10
2,00
1,50
51,00
293,00
4,60
0,00
0,22
0,15
3,85
-
362,00
12,10
7,80
1,10
78,40
0,90
0,60
40,00
125,00
0,80
0,00
0,14
0,08
1,21
0,00
336,00
14,50
8,60
1,50
73,70
3,00
1,70
36,00
224,00
4,60
0,00
0,30
0,08
2,85
4,80

Óleo extraído do gérmen: lipídeos e vitaminas lipossolúveis (principalmente E); ácidos linolêico, linolénico e araquidônico.

Propriedades medicinais: antioxidante, calmante, emoliente, neurotônica, nutritiva, reconstituinte, vitaminizante.
Óleo do gérmem do trigo: antioxidante.

Indicações: afecção da pele, anemia, convalescência, desnutrição, doença cardíaca, hipotensão, intestino preso.
Óleo do gérmem do trigo: colesterol, prevenir a arteriosclerose, doenças cardiovasculares.

Parte utilizada: frutos, gérmen, farelo.

Contra-indicações/cuidados: o farelo de trigo é contra-indicado para pacientes com absorção intestinal deficiente, úlceras estomacais, do duodeno, apendicite, tuberculose mesentérica. O farelo de trigo é uma alimento energético de fácil assimilação, recomendado para crianças, velhos, convalescentes, debilidade, raquitismo, anemia. Remineraliza o organismo, fortalece o sistema nervoso e aumenta a secreção láctea.

Efeitos colaterais: não encontrados na literatura consultada.

Modo de usar:
- farelo de trigo: febrífugo, aliviar a colite ulcerativa e a diverticulose;
- farelo de trigo ou pão integral: constipação intestinal rebelde;
- amido e a farinha integral secos, externamente: erupções cutâneas e pruridos do anus e em forma de pasta para tratar inflamações, queimaduras, fissuras das mãos e tórax;
- brotos (com 2 cm) dos grãos de trigo germinados em pano umedecidos diariamente, removidas as cascas, consumidos crus ou cozinhados em leite: fonte de vitaminas, aperitivo, nutritivo general, reconstituinte do organismo e pessoas fracas ou convalescentes;
- farina integral seca: acalmar dor e absorver a umidade das superfícies irritadas e inflamadas que secretam líquidos mesmo os purulentos. Diluídas em água em cataplasmas: emoliente;
- decocção do farelo: reduzir a febre;
- decocção da água, na qual se deixou de molho farina integral: curar inflamações intestinais, diarréia ou disenteria;
- amido de trigo: emoliente e calmante de afecções cutâneas;
- infusão das flores frescas: debelar o vício de bebidas alcoólicas;
- decocção ou infusão de 30 g de trigo integral em 1 litro de água, distribuída em três doses diária, acompanhadas de abundante água: reconstituinte;
Notas:
- a farina integral seca, usada para acalmar a dor e absorver a umidade, deve ser substituída periodicamente (para não fermentar).
- para fins terapêuticos e reconstituintes a farina, sêmola, gérmen de trigo, farelo de trigo ou qualquer outro subproduto deve ser integral. O pão branco, não é integral e pode originar acidez estomacal e estitiquez.

Algumas espécies do gênero: Triticum

Fotos são encontradas nos seguintes endereços:
http://www.aroma100.net/2005/10/post_124.html
http://www.objectief.be/Tarwe-Triticum-vulgare.html


By Zulmiro Fonseca Google +